terça-feira, 27 de maio de 2014

Benefícios do Ômega 3

A nossa alimentação mudou muito e por isso está cada dia mais deficiente em Ômega 3 (W3). O ômega 3 é um tipo de gordura fundamental para a nossa saúde.  A suplementação é uma boa opção para conseguir atingir uma boa ingestão deste nutriente.


Benefícios

Gestantes - o uso de ômega 3 em gestantes auxilia no desenvolvimento do bebe, previne parto prematuro e baixo peso ao nascer e diminui o risco de pré-eclampsia.

Doenças Cardiovasculares - alguns estudos demonstraram redução do risco de mortalidade em pacientes com doenças cardiovascular e também redução do risco de desenvolver esta doença.

Artrite Reumatóide - o ômega 3 diminui a produção de substâncias inflamatórias, diminui a dor e a rigidez e diminui o uso de medicamentos anti-inflamatórios.

Câncer - o consumo excessivo de gordura tem sido associado ao câncer de mama, cólon e pâncreas. O ômega 3 inibe a formação do tumor. A ingestão de W3 diminui o risco de câncer de mama após a menopausa. Também diminui o câncer do endométrio e o risco de novo câncer em pacientes com câncer de mama. 

Cérebro - o ômega 3 confere um efeito protetor para o nosso sistema nervoso central. Ele protege contra declínio da função cognitiva. Melhora os sintomas da depressão, efeito antidepressivo na menopausa. Parece ter um efeito benéfico na esquizofrenia e no transtorno bipolar. 

Pele - o ômega 3 faz parte da camada da pele, e por isso auxilia na proteção e também na hidratação da pele. 

Sistema Imunológico - melhora a resposta do sistema imunológico, efeito anti-inflamatório. 

O excesso de ômega 3 (>3g/dia), assim como qualquer outro nutriente, também pode causar efeitos colaterais: hemorragia, AVC hemorrágico, aumento de LDL, diminuição do controle glicêmico em diabéticos. Esta dose só pode ser adquirida através de suplementação. 

Qual a dose recomendada?
A recomendação do consumo diário de ômega 3 varia entre 450mg até 2g por dia, dependo do perfil de cada paciente. 
A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda o consumo de 2g por dia para ter um afeito cardioprotetor. A UK  Committee on Medical Aspects of Food Policy recomenda um consumo maior que 450mg para a população em geral.  The European Food Safety Authority recomenda o consumo de 100mg para crianças até 24 meses. Também é recomendado um incremento do consumo de ômega 3 em gestantes e mulheres que estão amamentando. 

A resposta terapêutica em relação a suplementação pode variar de acordo com a genética individual. Para o ômega 3 ter um bom efeito, também é importante diminuir o consumo de ômega 6 na dieta. 

Qual o melhor Ômega 3?
Como os peixes estão contaminados com o metal pesado mercúrio, é importante que o ômega 3 tenha um certificado ou teste de isenção de mercúrio e purificação do óleo. Eu gosto muito da marca Nature's Bounty. 

Ômega 3 x Câncer de Próstata
Saiu um estudo que repercutiu muito na mídia informando que o ômega 3 poderia causar câncer de próstata. Bom, este estudo é totalmente questionável e não foi feito para avaliar esta relação, também não foi avaliado o hábito alimentar e história destes pacientes. Esta constatação foi feita a partir da quantidade de ômega 3 no sangue, o que pode variar muito pela influência genética de cada um e não pela ingestão alimentar de ômega 3, este também não é considerado um exame confiável. Também não foi avaliado se os pacientes faziam o uso de suplemento de ômega 3. Outros itens do estudo também podem ser questionados. Existem muitos estudos comprovando os benefícios do ômega 3 no tratamento e na prevenção do câncer e na saúde geral. Este não é um estudo que deve ser levado em consideração. 

Consulta:
Current evidence and future perspectives on n−3 PUFAs. F. Pelliccia et al. / International Journal of Cardiology 170 (2013) S3–S7 

2 comentários:

  1. muito boa esta informação

    ResponderExcluir
  2. Você ainda usa a marca Nature's Bounty?

    ResponderExcluir